DAVI LIVRA SAUL DA MORTE | 1 SAMUEL 24

Escola Bíblica
Publicado em 14/08/2021

INTRODUÇÃO

É incrível como a Bíblia é um livro totalmente diferente do que o ser humano concebe como “religioso”. Aqui Ele relata uma das mais constrangedoras situações humanas, que é fazermos nossas necessidades, e desta cena relata algo bem possível e comum numa batalha: que está vulnerabilidade nos levasse a sermos presa fácil de um inimigo. Deus se manifesta e cumpre propósitos até mesmo nas situações mais inusitadas da vida como esta. O que nos leva a pensar que Ele não olha e age em todas as outras?

Quando o ser humano quer criar uma religião, ela sempre é cheia de pompa, rituais especiais, vestes litúrgicas, inúmeros objetos sagrados e etc (veja por exemplo a igreja católica, com todas as suas construções, ritos, vestes, mesas, velas, imagens e afins. Mas, quando Deus, O Sagrado, Se revela e ensina à humanidade, o faz com a linguagem mais humana possível (em palavras e circunstâncias), nós que queremos atribuir um “toque religioso” a Deus, Ele, entretanto, quer “apenas” uma mudança de coração e mente, que nos leva a viver segundo à Sua vontade.

Claro que este “apenas” é muito difícil para nós, de maneira que este é o ponto: o ser humano natural deseja uma “religião”, a fim de nos enganarmos da seguinte forma: cumprimos um dever sagrado, separado da nossa vida real, que queremos, então, viver da nossa própria maneira, “estando em dia com Deus”. Deus, por outro lado, quer conversão (mudança do coração) e mudança constante de mente, a fim de pensarmos e vivermos conforme a nova natureza que Ele nos deu. Ele não quer saber de religião.

Vida com Deus não é religiosidade e nem sentimentalismo, é crer e viver a Verdade com amor. Isso é difícil de ser atingido plenamente, mas, com o tempo, precisamos deixar de lado as construções humanas que fazemos e ir nos aprofundando na Palavra de Deus e firmando cada vez mais nossa fé em Jesus Cristo.


COMENTÁRIOS

24.1-7 – Os homens de Davi lhe entregaram uma “profecia” que veio apenas do coração deles. Em momento nenhum a Bíblia diz que Deus estava “entregando Saul nas mãos de Davi”. Até parecia. Mas, não podemos nos guiar somente pelas circunstâncias. É certo que Deus age por meio delas, em toda a Bíblia O vemos como o Soberano sobre as situações. Mas, não podemos deduzir tudo somente com base nas aparências e em nossa própria vontade, é preciso que haja Palavra do Senhor prévia ou pelo menos na hora, a fim de que possamos discernir as situações. É certo e seguro, conforme observamos na Bíblia, que Deus age por meio das circunstâncias, mas não é somente por ela, precisamos estar cheios da Palavra para um discernimento mais claro e até para “arriscar” certas decisões.

Este episódio nos ajuda a ver também que às vezes algumas “profecias” são apenas do coração do ser humano. Graças a Deus que Davi, depois de alguns altos e baixos, estava com o seu coração novamente fortalecido no Senhor. Ele até se dirige ao rei, mas o coração em Deus lhe orienta e ele toma decisões com base em princípios da Palavra , como: “não estender a mão contra o unido do Senhor” – e não age segundo as “profecias” que haviam lhe entregue. Se é a forma mais segura de tomar decisões segundo a vontade de Deus: conhecer a Palavra do Senhor e agir segundo os princípios dela. Em cada situação que Deus lhe colocar, aja segundo os princípios da Sua Palavra: seja para vencer, seja para dar testemunho de obediência à Verdade. Seja sábio e as coisas transcorrerão bem ao seu fim.

O que aconteceu com Davi aqui é que sua consciência falou mais alto, consciência esta formada previamente nos princípios do Senhor baseados em Sua Palavra. Há muitos crentes que não dão atenção à Palavra do Senhor e interpretam as situações sempre ao seu favor, como assim entendem, sem confiar que Deus fará as coisas acontecerem. Por incrível que pareça, há ditos evangélicos que acham, baseado nas circunstâncias, que Deus dará a eles um cônjuge que já é casado com outra pessoa, ou que um negócio desonesto pode ser uma forma de Deus lhe dar prosperidade. Não tente ler as circunstâncias sem estar profundamente arraigado em estudar a Bíblia Sagrada; é como tentar ler o destino na borra de café (crendice), consultar tarô ou bola de cristal. E nem confie em quem quer parecer espiritual apenas usando “palavras espirituais”, como “Hoje é o dia do qual o SENHOR lhe falou: “...Eis que eu entrego o seu inimigo nas suas mãos, e você fará com ele o que bem quiser” (v.4). Tome muito cuidado com o “vocabulário religioso”, somente a Palavra de Deus é digna de toda aceitação, conheça-a ao longo de sua vida toda, Deus lhe dirigirá em tudo o que for necessário saber, no tempo em que isso for preciso, se você buscar e estive numa igreja bíblica. Mantenha a Palavra na sua consciência e Deus lhe guiará por ela em todo o tempo: “Guardo a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti” (Salmos 119:11).

24.7-15 – Mas, como Deus usou aquela situação? Ele advertiu Saul com seus homens e instruiu o povo que estava com Davi. Além disso, próprio Davi, como futuro rei de Israel, que deveria ensinar fidelidade à Palavra de Deus, esta é a suprema missão de um rei segundo o coração de Deus. Deus estava dando oportunidades para Davi desenvolver seu reinado que deveria ser dedicado a Deus e a Sua Palavra em primeiro lugar e as demais coisas, que eram necessárias para a nação, i.e., a vitória dos inimigos, seriam acrescentadas.

24.16-22 – A pregação de Davi surtiu um efeito pelo menos temporário no monarca, que chegou a chorar desesperadamente. Ele não chegou a reconhecer abertamente a sua própria injustiça, mas a comparou com a de Davi e achou o futuro rei em melhores condições, desejando inclusive um bom futuro reinado a Davi. Como era típico de Saul, pensou em si mesmo e na sua descendência, pedindo que o seu nome não fosse apagado (e quem sabe até um possível retorno da sua dinastia em outros tempos).


CONCLUSÃO

O fato é que o ímpio sabe que está cometendo maldade e o justo sabe que é difícil viver no padrão de Deus, a maior lição que tiramos hoje do estudo é tomar decisões segundo o coração de Deus, que isto não é uma tarefa fácil, mas que além de recompensadora, é o caminho certo a seguir, até mesmo nossos inimigos reconhecem isso.

No futuro, naquele grande Dia, não somente Saul, mas incontáveis pessoas chorarão em alta voz, agonia e desespero porque desprezaram a palavra do Senhor, mas, será muito tarde – nunca mais será possível se arrepender e crer no Salvador. E, aos justificados em Cristo, mais uma vez – e para sempre – saberemos que valeu a pena abrir mão deste mundo, que era por fim somente engano mesmo, e abraçar a Palavra da vida.

Pense nisso.

Pr. Leandro Hüttl

 

Compartilhe em suas redes sociais

Endereço

Rua Planalto esquina com Rua 13, Qd. 23A, Lts. 4 e 5 – Conjunto Riviera – Goiânia – GO – CEP 74730-080

Entre em Contato

Envie um WhatsApp!

(62) 3284-4748

secretaria@batistabetel.org

Política de privacidade

Formulário de Direito dos Titulares

Siga-nos

Prover ® 2021. Todos os direitos reservados.