Gratidão

Devocional Diário | Aos Pés de Jesus
Publicado em 03/07/2020

"Deem louvores ao Deus dos céus, porque a sua misericórdia dura para sempre" (Salmos 136:26).

Já reparou como a palavra "gratidão" está na moda. As pessoas agora querem expressar "gratidão", mas nem sempre fica claro a quem ela se dirige. Ora, se sou grato tenho que ser a alguém que fez algo em meu favor. Não teria sentido eu ser grato ao "universo" ou qualquer outra coisa - nossa gratidão tem que ser dirigida a um indivíduo.

O Salmo 136 tem uma situação interessante, todos os seus versos terminam com a frase "porque a sua misericórdia dura para sempre". Se fossem retiradas estas expressões, o salmo contaria somente um pouco da história da criação, do povo judeu e da Providência divina. E bem que o salmo poderia narrar tudo e no final somente amarrar os acontecimentos debaixo da misericórdia de Deus. Mas, não é isso que o salmista faz.

Cada verso nos informa, de maneira indiscutivelmente clara e didática, que tudo o que Deus fez - ato por ato - teve um motivo: a misericórdia divina. Ou seja, não há méritos humanos na criação, na aliança e na manutenção da vida, tudo é pela graça de Deus. O hábito de ser grato é bom, nos torna melhores, menos orgulhosos, mas ser grato "a vida", "ao universo" ou "ao destino" faz em breve a pessoa recuperar o orgulho, uma vez que desvia o entendimento correto sobre Deus como Pessoa, o qual podemos nos relacionar e porque tal "gratidão" não envolve nenhum tipo de fidelidade e responsabilidade.

Ser grato considerando a pessoalidade de Deus é ser grato mesmo, o resto é imaginação dos homens. Seja grato/a... a Deus!

Pense nisso,

Pr. Leandro Hüttl

Compartilhe em suas redes sociais

Endereço

Rua Planalto esquina com Rua 13, Qd. 23A, Lts. 4 e 5 – Conjunto Riviera – Goiânia – GO – CEP 74730-080

Entre em Contato

Envie um WhatsApp!

(62) 3284-4748

contato@batistabetel.org

Siga-nos

Prover ® 2020. Todos os direitos reservados.