Pregação – Vida profissional cristã pós Covid-19

“Na minha angústia, clamo ao Senhor, e ele me ouve”.

Salmos 120:1

Algumas pessoas estão especulando como será a vida depois da Pandemia. 

O trabalho em home office e as vendas online tornaram-se uma realidade para muitas empresas que de certa maneira foram forçadas a utilizar o ambiente digital, em especial aquelas que não tinham consolidado ou sequer começado um trabalho assim.

O fato é que algumas empresas estão constatando que o trabalho hoje pode ser realizado, também, em muitos casos, de um jeito diferente. 

Empresários, naturalmente, vão fazer as contas e ver que podem diminuir custos de instalações, mantendo o mesmo resultado final.  em alguns casos, já há constatação de melhora da performance dos profissionais e de vendas.

Negócios pensados apenas no formato online ganharam força e não vão querer parar. Se conseguirem diminuir custos e repassarem para os clientes, os concorrentes forçarão uns aos outros a baixarem seus preços. Por um lado isso é bom para nós como consumidores, mas deve chamar a atenção aos profissionais e empreendedores.

Até 1879, acender lampiões era uma das profissões mais respeitadas na sociedade, e se chamavam “Acendedor de Lampiões”, eles saiam ao cair da tarde acendendo a fonte de luz e ao amanhecer eles os apagavam e davam a manutenção necessária. No mesmo ano a iluminação elétrica começou a ganhar espaço e aos poucos os lampiões foram sendo substituídos por lâmpadas elétricas. Os dois sistemas chegaram a coexistir por algum  tempo, mas é claro, a eletricidade venceu. A partir de 1880 a rede elétrica tomou conta do Brasil e os Acendedores de lampiões se aposentaram, substituídos por postes automáticos.

Antes mesma da pandemia, um assunto que já ganhava destaque nas notícias era a IA (Inteligência Artificial), cheguei a escrever uma pastoral sobre este assunto em nosso boletim da igreja, que por sinal ganhou uma versão digital também.

O fato é que se os acendedores de lampiões foram substituídos pelos postes automáticos, o progresso não vai parar. Isso significa que muitos profissionais serão substituídos pelos “postes automáticos” de cada era. A própria iluminação de lampião à gás surgiu para aumentar os turnos nas fábricas (embora os lampiões das ruas fossem a querosene), foi para e pelo progresso – que nunca parou e hoje ganha marcha acelerada. A Bíblia prevê isso. 

Bem, então como um cristão deve fazer neste tempo de incertezas?

Romanos diz assim:

“Pois tudo o que no passado foi escrito, para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação (lit. encorajamento) das Escrituras, tenhamos esperança”. (Romanos 15:4, NAA)

“Essas coisas foram registradas há muito tempo para nos ensinar, e as Escrituras nos dão paciência e ânimo (lit. encorajamento) para mantermos a esperança”. (Romanos 15:4, NVT)

A esperança do cristão não tem base se não for na Palavra de Deus.

Assista e compartilhe esta mensagem onde este assunto será tratado!

Pr. Leandro Hüttl 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close