Pregação – Eclesiastes 7.4-6 | Qual o manual da vida? (Parte 2)

Pois, como o crepitar dos espinhos debaixo de uma panela, assim é a risada dos tolos. Também isto é vaidade.

Eclesiastes 7:6

INTRODUÇÃO

Continuamos na busca pelo sentido da vida, que ocupa a mente e os corações humanos desde que o mundo é mundo. Entendendo que não basta em si mesmo, o ser humano começa a se perguntar sobre caminhos, certo e errado, escolhas e direção. Tudo isso é bom, quando a consciência está iluminada com a Verdade da Palavra de Deus, desta forma ela pode ser nutrida e tem condições de comparar: as opções que lhe são apresentadas, as escolhas feitas e os resultados.

DESENVOLVIMENTO

No Capítulo 7 as palavras “melhor” e “boa” ocorrem mais vezes aqui do que em qualquer outra parte do livro ou do Novo Testamento, como eu disse na semana passada, assim, por mais que as comparações apresentadas por Salomão, o terceiro Rei de Israel, possam parecer ruins ou negativas, precisamente quando o ser humano encara a realidade da vida – sendo guiado por Deus – é que descobre coisas que jamais veria, e nem aceitaria, sem a ação do Espírito Santo.

Esta é a grande diferença que as pessoas nem sempre compreendem. O crente vai viver as mesmas experiências que os outros seres humanos, pois elas são obviamente humanas e ainda os mesmos desafios desta terra. Não fomos retirados daqui ainda, não estamos míopes para o mundo ao nosso redor, não estamos numa bolha fingindo que não vemos o caos moral e o quanto isso nos afeta e nos tenta também.

A diferença não somos nós. A diferença é precisamente Deus. Ele sabe e entende melhor deste mundo que Ele criou e que foi decaído por causa do ser humano e de Satanás. Ele sabe como lidar com os desafios que ainda nem conhecemos e sequer foi apresentado ao homem. Dele provém toda a sabedoria para lidarmos com o mundo da melhor maneira possível.

Como Ele nos ensina? Curioso que muitas vezes Ele faz isso do mais fácil possível (e até impossível, se precisar). E nossa dificuldade em ouvi-lo está em nós mesmos, porque nem sempre aceitamos aquilo que é fácil. Mas, ora, por se tratar de uma solução, ela precisa ser fácil, uma vez que o problema já é difícil.

Assim, Deus revelou Seus segredos, Sua mensagem. Mas não através de um livro que possa ser lido e aprendido de uma vez por todas. A grande questão é essa: a Palavra de Deus se renova e, cada vez que os crentes leem a Bíblia, o Espírito Santo age para lhe guiar, sem que você se desvie do propósito divino, da direção que Ele tem e das soluções que mostra.

A ação do Espírito Santo através da Bíblia SEMPRE é o modo seguro de você se guiar para seguir um Deus que existe e é real, mas que você não vê. O caminho é pela fé, e temos uma Bússula/GPS (Biblia) para nos guiar, com a doce voz do Espírito como nosso navegador nos esclarecendo o mapa para o qual estamos olhando.

*** *** ***

Li uma frase esta semana que diz assim: “o mundo precisa ver cristãos chorando por causa do pecado, não rindo dele” (Josemar Bessa)

Sabe irmãos, as lições que extraímos da sabedoria bíblica não deve ser visando apenas o nosso benefício, mas deve contribuir para a obra de Deus, a Missão da igreja, no sentido de que testemunhamos uma vida radicalmente diferente.

Considerando que estaremos expostos às mesmas experiências que os mundanos, naquilo que for legítimo na vida desta terra, como o luto, uma festa familiar, a repreensão de uma pessoa mais sábia do que nós, canções compostas por gente tola (isso o nosso século tira de letra), como vimos no texto, além de trabalho, estudo, lazer como esportes, por exemplo… a questão é:

  1. Como vamos encarar esses acontecimentos? Nossa interpretação, reação, maneira de lidar com os fatos, tudo isso precisa ser diferente, uma vez que estamos extraindo sabedoria da Palavra de Deus.
  2. Como vamos testemunhar cristo nas mesmas experiências humanas que passamos assim como os incrédulos e na frente deles?

O nosso modo de encarar as coisas desta vida precisa ser diferente nesses dois sentidos: o que extraímos de lições, como reagimos, a que direção a situação nos leva (a sermos mais santos ou mais profanos?). E como cada situação pode nos ajudar a testemunhar contra ou a favor do Evangelho.

Sim, como cristão SEMPRE vamos testemunhar. A questão é se é contra ou a favor.

Como você encara a morte ou uma doença? Com fé em Deus. E esta fé é segundo a Bíblia? E somente com a fé que a Bíblia traz ou também com a sabedoria do alto que ninguém pode ter, a não ser os que foram regenerados?

O mundo busca muita inteligência, o que é um importante caminho para esta terra, e não é dispensável, mas, para as coisas da vida, para a família, para lidar com pessoas, ela não é suficiente.

Achar que é melhor estar num velório do que numa festa pode não parecer inteligente, mas é extremamente sábio. Entre ouvir uma repreensão ou uma música, o que parece melhor para o pensamento deste mundo? Ninguém quer ser repreendido, as pessoas ficam melindrosas, o ser humano não gosta de ouvir a verdade, mas é muito mais sábio dar atenção ao que nos dizem com base na Verdade de Deus do que entrar num caminho de fuga, ligar o rádio, executar uma playlist de música e esquecer de crescer na vida.

CONCLUSÃO

A escolha dos tolos é apenas rir, algo tão fugaz quando um espinho estalando e sendo queimado no fogo. É mero ruído e dura pouco. Ninguém que nasceu de novo quer uma vida assim. A diversão deles não tem nenhum valor duradouro, o aconselhamento segundo a verdade trata fundo o nosso coração para a vida real. Deus quer nos dar coisas de valor perene. Não é errado se divertir, mas é errado desprezar a sabedoria.

Que a graça nos oriente a recebermos a fé da Palavra de Deus, mas também todo conhecimento de Deus e sabedoria que ela tem, extremamente necessária para resolvermos nossos problemas e, sobretudo, evitá-los. Isso pouparia muitas dores e correções do próprio Deus em nossas vidas.

Muita gente está procurando fé, de forma estranha às Escrituras, para resolver problemas da vida, mas, em muitos casos, o que é preciso é sabedoria. A fé você já tem se acredita que Jesus é o Salvador e Senhor de sua vida. Busquemos ser cada vez mais sábios.

E que Deus ajude, em Nome de Jesus, amém!

Pr. Leandro Hüttl
E-mail: prleandro.hd@gmail.com

Baixe esta mensagem em PDF:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close